DECEMBER 9, 2022

Com sucesso de público, segunda edição do CINTECS se consolida como o maior evento de inovação e sustentabilidade do Norte de Minas

Agora, as expectativas já estão voltadas para a próxima edição

Foto: Solon Queiroz e Smartix

A segunda edição do Congresso de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade para a Gestão Pública (CINTECS) foi marcada pelo sucesso de público e se consolidou como o maior evento desse segmento no Norte de Minas.

Cerca de três mil pessoas passaram pelo evento durante os dois dias. A abertura, na quarta-feira (19), contou com apresentações culturais como os Catopês, os desbravadores da Igreja Adventista, e os músicos da Escola de arte do Colégio Adventista. A cerimônia solene contou com a presença de autoridades como o procurador-geral da Justiça, Dr. Jarbas Soares, e deputados federais e estaduais. Teve, ainda, a exibição do documentário “Reciclando sonhos”, produzido pelo Codanorte, sobre a mudança de vida proporcionada ao ex-catador de recicláveis, Everson Pereira, que mora em Varzelândia e teve sua vida transformada após a construção da Usina de Triagem e Compostagem de Resíduos Sólidos. A noite foi finalizada com o show de ilusionismo de Henry e Klaus e o show musical com a dupla Beto e Breno.

Já nesta quinta-feira (20), a programação contou com mais de 100 palestrantes, distribuídos em seis palcos simultâneos. Foram apresentados temas sobre a Nova Lei de Licitações (14.133), educação, meio ambiente, saneamento básico, gestão de resíduos sólidos, crise climática, assistência social, turismo, empreendedorismo, entre outros. Além disso, aconteceu a 5ª edição da Mostra Científica, que busca incentivar as pesquisas científicas e valorizar o conhecimento regional. Ao todo, 14 trabalhos científicos foram selecionados. Também foram entregues os certificados dos participantes do “Chamamento público de Boas Práticas”, que reconheceu projetos inovadores de destaque desenvolvidos nos municípios consorciados.

O presidente do Codanorte, Eduardo Rabelo, celebrou o sucesso do evento.

“Recebemos um número de pessoas surpreendente. Estamos muito felizes, pois foi um desafio fazer esse evento ser ainda mais grandioso que o ano passado. Recebemos pessoas entusiasmadas e disponíveis para buscar conhecimento. Tanto os congressistas, como os palestrantes, demonstraram total satisfação com o que vivenciaram durante o CINTECS. E esse foi o nosso objetivo: proporcionar conhecimento, aprendizado e troca de experiências. É conectar pessoas que gostam de apreender com pessoas que gostam de ensinar. Também foi um espaço para estabelecer parcerias, ampliar o networking e se encantar com a parte cultural e de entretenimento. Sem dúvidas, foi um evento completo”.

“Estamos felizes em saber que o Norte de Minas, Minas Gerais comprou essa ideia. São várias pessoas envolvidas, à procura de conhecimento. E é isso: o conhecimento é que nos move, nos inspira e nos faz buscar melhoras nos mais variados aspectos da nossa vida”, enfatizou o secretário executivo do Codanorte, Enilson Francisco.

O professor, Bruno Souto, foi congressista e destacou sobre a variedade de temas propostos durante o evento.

“Estou acompanhando o palco sobre educação, das novas metodologias de ensino, da inovação tecnológica, e a questão da saúde mental”.

Já para a secretária de meio ambiente e turismo do município de Joaquim Felício, Alessandra Amorim, o que mais chamou a atenção foi a escolha dos temas.

“A maioria dos palcos fazem ligação com a sustentabilidade. Então, foi mostrado que é possível ter inovação e tecnologia, preservando o meio ambiente e buscando a sustentabilidade do planeta”, comentou.

A advogada e professora Marilene Matos coordenou o curso dedicado à Imersão da Nova Lei de Licitações e Contratos. A capacitação contou com juristas de renome em todo o país, dentre eles o Ministro do Tribunal de Contas da União, Benjamin Zymler, e a maior administrativista do país, Professora Maria Sylvia Di Pietro.

“O Palco de Imersão em Licitações e Contratos propiciou reflexões importantíssimas sobre aspectos cruciais da Nova Lei de Licitações: a Lei 14.133/2021, que se tornou de aplicação obrigatória não só na esfera federal, mas também no âmbito de Estados e Municípios. Foram 13 palestrantes, que compartilharam com os participantes os conhecimentos necessários à aplicação da Nova Lei de Licitações com segurança jurídica e atendendo às nova diretrizes da norma, de planejamento e governança, dentre vários outros importantes aspectos das contratações Públicas. Todos os inscritos foram contemplados com um exemplar da Obra: “Nova Lei de Licitações – Debates e Perspectivas”, da Editora da Câmara dos Deputados, e também receberam certificado do curso”, disse Marilene Matos.

Agora, as expectativas já estão voltadas para a próxima edição.

“O evento mostra-se cada vez mais importante para a região, com vários painéis interessantes sobre eleições, o protagonismo… a questão cultural. Então, a gente sai daqui com apetite de querer voltar o ano que vem”, destacou o advogado trabalhista, Guivson Leal.

Compartilhe: