DECEMBER 9, 2022

Integração de Ações de Saúde em Verdelândia Reduz Incidência de Arboviroses

Projeto Piloto da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros é Apresentado como Modelo para Outras Regiões de Minas Gerais

Foto: Pedro Ricardo/SRS de Montes Claros

A Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros está implementando em Verdelândia um projeto piloto que integra as ações dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Controle de Endemias (ACE) para melhorar o controle das arboviroses (dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela). Verdelândia foi o único município da macrorregião Norte de Minas com baixa incidência dessas doenças.

Os resultados foram apresentados em Montes Claros aos subsecretários de regionalização e vigilância em saúde da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG). A superintendente regional, Dhyeime Thauanne Pereira Marques, destacou a eficácia da integração entre ACS e ACE, sem necessidade de novos recursos financeiros. A coordenadora de vigilância em saúde, Agna Soares da Silva Menezes, afirmou que essa integração manteve o controle das doenças mesmo durante o pico da dengue no estado.

Os agentes trabalham em áreas divididas por quarteirões e são capacitados conjuntamente para identificar focos do mosquito Aedes aegypti durante visitas domiciliares, usando grupos de WhatsApp para agilizar vistorias.

O subsecretário de regionalização, Darlan Pereira, destacou a importância da participação das unidades regionais na criação de políticas públicas de saúde. Eduardo Prosdocimi, subsecretário de vigilância em saúde, sugeriu a divulgação da iniciativa para outras regiões do estado, enfatizando que soluções simples e bem executadas são mais eficazes.

Prosdocimi também participou de reuniões com servidores das coordenadorias de vigilância e comissões macrorregionais, discutindo vários assuntos sobre a saúde no Norte de Minas.

Compartilhe: