DECEMBER 9, 2022

Policiais cumprem Mandado de Busca e Apreensão expedido para uma empresa de Vigilância Armada com sede em Montes Claros

A investigação foi iniciada pela Delegacia em Grão Mogol.

WhatsApp Image 2023-11-23 at 11.29.31

Foto: Ascom/11°DEPPC

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e a Polícia Federal cumpriram na manhã desta quinta-feira (23/11), um Mandado de Busca e Apreensão expedido para uma empresa de Vigilância Armada com sede em Montes Claros, na região Norte do estado. A cautelar que foi expedida pela Justiça do município de Grão Mogol, teve por objetivo a apreensão de armas de fogo, celulares e documentos da empresa visando subsidiar investigação que apura o crime de porte irregular de arma de fogo e constrangimento ilegal praticados por seus funcionários. Durante a ação um homem, de 46 anos, foi preso.

A investigação foi iniciada pela Delegacia em Grão Mogol depois que funcionários da investigada se deslocaram a uma propriedade rural do município para questionar a posse da terra, inclusive, na sequência, teriam efetuado dois disparos de arma de fogo para intimidar trabalhadores que estavam no local.

Foi instaurado um Inquérito Policial e com a investigação avançada os policiais identificaram a empresa representada pelos investigados através do uniforme e veículo usados por eles no dia dos fatos. Os levantamentos realizados pela equipe policial confirmaram ainda, que a empresa exercia sua atividade de forma irregular contrariando a legislação vigente. Em razão disso, eles foram autuados pela Polícia Federal por exercício irregular de segurança privada.

Durante as buscas, os policiais apreenderam munições, celulares e placas de colete balístico que resultou na prisão em flagrante de um homem pelo crime de posse de munições.

O inquérito policial segue em andamento e assim que finalizado será enviado para Justiça.

Compartilhe:

Notícias Relacionadas

Bloco 1 Entretenimento Geral Montes Claros

30ª Festa nacional do Pequi