DECEMBER 9, 2022

Preso em Porteirinha suspeito de estuprar enteada em Rio Pardo de Minas

O caso foi denunciado pelo pai da jovem no dia 13 de junho deste ano.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu na última terça-feira (20), um mandado de prisão temporária expedido para um homem, de 28 anos, suspeito de abusar reiteradamente da enteada, em Rio Pardo de Minas, na região Norte do estado. Os abusos teriam iniciado quando a vítima tinha 10 anos de idade. O suspeito fugiu quando tomou conhecimento da investigação policial e foi preso no município de Porteirinha.

O caso foi denunciado pelo pai da jovem no dia 13 de junho deste ano. Sobre os fatos, ele contou que ficou sabendo que sua filha estava sendo abusada e ao questioná-la a adolescente teria confirmado o crime, contudo, sem relatar quem seria o abusador.  Após a confirmação, ele conduziu a menina até a delegacia para denunciar o estupro e no local tomou conhecimento que o abusador era o padrasto da jovem.

A adolescente que hoje tem 14 anos, ao prestar informações detalhou os fatos e contou que, inicialmente, quando tinha 10 anos o suspeito começou a pegar em seus seios e, com o passar dos anos, antes dela completar 12 anos, ele a teria estuprado mantendo com ela conjunção carnal forçada. Desde então, conforme explicou, os estupros ocorriam com frequência, acreditando que foram mais de 20. E, eram cometidos em momentos em que sua mãe estava trabalhando ou na rua, ou seja, quando estava sozinha em casa.  A vítima informou ainda, que nunca denunciou o suspeito por ele ser pessoa agressiva que a ameaçava, bem como os seus familiares.

O delegado Guilherme Banterli Moreira, relatou que durante a investigação provas e depoimentos foram contundentes para provar a autoria e materialidade do crime atribuídos ao padrasto da vítima, uma pessoa perigosa que proferia ameaças contra a adolescente. “Seu estado de liberdade causa temor na vítima, pois ela teme que ele venha a consumar as ameaças e, assim, praticar algum mal contra ela e os seus familiares. Em razão disso, representei pela prisão dele,” disse o delegado.

Segundo levantado, tão logo tomou conhecimento da investigação o suspeito fugiu do município e não foi mais visto no local. “Ele fugiu de Rio Pardo e após diligências descobrimos que ele estava em Porteirinha. Nós acionamos a PCMG do município que o localizou efetivando sua prisão”, informou o delegado.

Após a formalização do mandado o suspeito foi enviado ao sistema prisional e assim que finalizado o Inquérito Policial será remetido à Justiça.

Compartilhe:

Notícias Relacionadas

Acidente Atendimento SAMU Norte de Minas

SAMU socorre vítima de colisão entre carros em Patis