DECEMBER 9, 2022

CODANORTE promove segunda edição do Cintecs em Moc

Assim como no ano passado, a sustentabilidade é uma das palavras-chave não só durante as discussões, mas também em toda a preparação do evento

Foto: Divulgação

O Consórcio Intermunicipal Multifinalitário para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável do Norte de Minas (Codanorte) está promovendo desde quarta (19) e nessa quinta (20) o Congresso de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade para a Gestão Pública (CINTECS). O evento tem a correalização do Sebrae.

A expectativa é que mais de 2.500 pessoas participem das atividades durante os dois dias, 10% a mais que a primeira edição.

“As expectativas são as melhores possíveis. Temos muito o que comemorar com esse evento, que tem tudo pra superar a edição anterior. Vamos reunir pessoas, empresas e entidades ligadas à gestão pública, propondo soluções eficazes e eficientes para a administração municipal. Também teremos mais uma edição da Mostra Científica, voltada para o meio acadêmico, e claro, será também uma ótima oportunidade para a comunidade em geral ficar por dentro das discussões atuais com nomes renomados nas diversas áreas do saber. É um evento amplo, que engloba tanto o setor público, quanto o privado, além da comunidade em geral, estudantes, professores, cientistas… é um momento de troca de experiências é muito networking”, destacou o presidente do Codanorte, Eduardo Rabelo.

A solenidade conta com presenças ilustres como o procurador-geral do MPMG, Dr. Jarbas Soares, além de deputados e representantes de entidades. No primeiro dia, subiu ao palco a empresária Camila Faroni, que ministrou a palestra “A inovação como forma de alavancar sua empresa (Inovate-te)”. Já na parte cultural, apresentaram os ilusionistas Henry e Klaus e, finalizou a primeira noite, a dupla Beto e Breno.

Já no dia 20, a programação começa às 8h. Nesse primeiro dia, serão seis palcos: Mandacaru, com o Curso Imersão na Nova Lei de Licitações”; Palco Flambloyan, com o painel Atração de Investimentos, do SEBRAE, e discussões sobre tecnologias para cidades mais inteligentes e sustentáveis; Palco Flor de Pequi, com temas sobre educação e meio ambiente; Palco Ipê Amarelo, com temas sobre Saneamento Básico, Manejo e saúde dos animais, combate a incêndios, atuação das procuradorias do Ministério Público, entre outros; Palco Sempre Viva, com painéis sobre economia circular, captação de recursos, convênios públicos, e atuação dos consórcios públicos. Já o Palco Ipê do Cerrado, terá temáticas relacionadas à Assistência Social e turismo.

Ainda na programação do segundo dia, terá Mostra Científica, resultado do Chamamento Público do edital de Boas Práticas Municipais, Feira de negócios com mais de 30 stands, além de mais de 100 palestrantes, divididos em seis painéis temáticos com apresentações simultâneas.

Para encerrar o evento, também terá a palestra do advogado Samer Agi e o show de encerramento do evento, com o cantor Tiago Iorc.

SUSTENTABILIDADE NA MARCA
Assim como no ano passado, a sustentabilidade é uma das palavras-chave não só durante as discussões, mas também em toda a preparação do evento. Os copos são recicláveis, e terá novamente o crachá sustentável com semente, onde o participante poderá picotá-lo após o evento e plantá-lo, após algum tempo, se transformará em uma planta de espécie surpresa.
Outro destaque são as palestras com redução de ruído. Os participantes poderão sintonizar qual palestra desejam escutar, pois as palestras são sintonizadas via rádio e fone de ouvido, o que permite que um palco não atrapalhe o outro.

Compartilhe: