DECEMBER 9, 2022

Festival Murucututu levará brincadeiras, música e arte com espetáculos gratuitos em Diamantina e Montes Claros

As apresentações, que têm produção artística regional do Formigueiro Cultural, serão realizadas no Teatro Municipal Santa Izabel, em Diamantina; e em escolas públicas previamente cadastradas em Montes Claros

Foto: Pâmela Bernardo

 Entre os dias 13 e 17 de maio alunos de escolas públicas de Diamantina e Montes Claros vão acompanhar as apresentações do Festival Itinerante Murucututu, com diversas experiências artísticas e educacionais, de forma gratuita, para as crianças. O festival, que tem patrocínio da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e Banco do Nordeste do Brasil (BNB), por meio da Lei de Incentivo à Cultura, contará com apresentação do grupo cênico-musical Serelepe, que roda o país com espetáculos inspirados nas canções e brincadeiras tradicionais.

“O espetáculo vai ser oferecido para a rede de ensino público e dentro do período escolar, ou seja, as crianças saem da escola e vão para o teatro ter uma experiência completa dessa atividade artística. A proposta é descentralizar e democratizar o acesso a bens culturais”, explica um dos criadores do Serelepe, Gabriel Murilo.

Com muita diversão, música, brincadeiras e teatro, a proposta é trabalhar junto às crianças o resgate cultural e perpetuação da memória afetiva. “Vemos muitas crianças sendo subtraídas de experiências que são importantes para a infância, por conta de dificuldades de acesso ou um excesso também de certos produtos de mercado, que acabam ocupando muito tempo da criança, como conteúdos digitais, que não necessariamente vão trazer experiências que são importantes na sua formação”, pontua Gabriel Murilo.

Experiências que transformam

As apresentações, que têm produção artística regional do Formigueiro Cultural, serão realizadas no Teatro Municipal Santa Izabel, em Diamantina; e em escolas públicas previamente cadastradas em Montes Claros.

A trupe do Serelepe vai encenar dois espetáculos incríveis. O “Brinquedorias”, onde os personagens realizam brincadeiras tradicionais em uma mistura afetiva de desafios, pequenas e divertidas competições e parcerias; e ainda “Locotoco”, uma intervenção cênico-musical inspirada em canções e brincadeiras tradicionais de diferentes regiões do Brasil e de outros países da América Latina.

Sobre o Murucututu

Murucututu é um festival itinerante de arte para crianças que, por onde passa, oferece atividades e experiências nas áreas de teatro, cinema, circo, dentre outras. O festival acontece nas escolas da rede pública de ensino, nos teatros e também em praças e parques das cidades, oferecendo atividades para crianças, famílias e educadores. O projeto é uma realização da produtora cultural Aventura.

Sobre o Serelepe

O grupo, que além de Gabriel Murilo é formado também pelos artistas e professores Reginaldo Santos e Eugênio Tadeu, surgiu a partir de um programa de rádio na UFMG Educativa, chamado “Serelepe, uma pitada de música infantil”. Durante cinco anos, o grupo construiu o programa, conhecendo e pesquisando músicas de várias partes da América Latina e do Brasil. O Serelepe fez parte do projeto de pesquisa, ensino e extensão “Serelepe brinquedorias sonoras e cênicas”, da Escola de Belas Artes da UFMG. Aos poucos, a trupe passou a trabalhar com oficinas de brincadeiras, jogos tradicionais, que foram se transformando em performances.

Compartilhe:

Notícias Relacionadas

Geral Montes Claros

Vem aí as tradicionais Barraquinhas da Fundação Sara

Esporte Montes Claros

Abertura Campeonato Rural de Montes Claros