DECEMBER 9, 2022

Dia das Mães é oportunidade para os pequenos negócios garantirem novas receitas

Donos de pequeno negócio precisam desenvolver estratégias que envolvam criatividade e personalização e o Sebrae Rio lista cinco perfis geracionais de mães

Foto: Divulgação

A segunda data mais importante para o varejo é o Dia das Mães. Para atrair novos clientes e aumentar o faturamento, o dono de pequeno negócio precisa desenvolver estratégias que envolvam criatividade e personalização.

Ao todo, existem cinco perfis de mães: geração silenciosa, baby boomers, gerações X, Y e Z. Para apoiar os empreendedores, o Sebrae Rio desenvolveu orientações para que o negócio aproveite a data para definir os processos de vendas mais adequados para cada empreendimento. De forma gratuita, as informações podem ser acessadas pelo link.

“Cada mãe é única, mesmo que sejam do mesmo perfil geracional. Personalizar produtos e serviços de acordo com os clientes que consomem sua marca, pode ser uma estratégia de diferenciação no mercado e uma forma de atrair novos consumidores. Por isso, entender os diversos tipos de comportamento e os perfis de consumo das mães, ajudará a encantar o cliente no momento da compra”, diz Margareth Carvalho, gerente de Conhecimento e Competitividade do Sebrae Rio.

Independentemente da geração, para atrair esse perfil de consumo, os empreendedores precisam adotar estratégias em seus negócios como encantar o público, inovar nos presentes, utilizar estratégias phygital e multicanais, além de ser claro nos valores, visões e nas práticas sustentáveis.

  • Geração Silenciosa (1923 a 1946)

Práticas e econômicas em seus hábitos de consumo, essas mães valorizam a qualidade e a durabilidade dos produtos e são leais a suas marcas favoritas.

  • Baby Boomers (1947 e 1963)

Essas mães possuem forte senso de liderança. São mais tradicionais e exigentes quanto à qualidade, além de fiéis às marcas, valorizando a estabilidade.

  • Geração X (1964 a 1983)

São mães práticas, que buscam por equilíbrio em seus hábitos. Cresceram num período de transição tecnológica. Prezam pela qualidade do que consomem.

  • Geração Y (Millennials) (1984 a 1995)

Essas mães valorizam experiências significativas. Elas possuem forte relação com a tecnologia. Valorizam mais experiências do que bens materiais.

  • Geração Z (1995 a 2009)

São nativas digitais e valorizam a diversidade, a sustentabilidade, a autenticidade e a transparência das marcas. Gostam de experiências diferenciadas.

 

Compartilhe:

Notícias Relacionadas

Empreendedorismo Montes Claros

CODANORTE promove segunda edição do Cintecs em Moc

Empreendedorismo Montes Claros Norte de Minas

Montes Claros recebe Encontro Regional da Rede de Atendimento Aqui no Sebrae