DECEMBER 9, 2022

Codevasf realiza leilão para concessão do Projeto Hidroagrícola de Jequitaí (MG)

Consórcio Jequitaí venceu a disputa e terá a concessão por 35 anos. A previsão é de que a empresa invista cerca R$ 1,5 bilhão no período de contrato

IMG_2746

Foi realizado nessa sexta-feira, o leilão promovido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para a concessão do Projeto Hidroagrícola de Jequitaí (MG). A disputa foi vencida pelo Consórcio Jequitaí, representado pela corretora Planner, que apresentou oferta de R$ 35 milhões.

O objetivo do certame foi a seleção da proposta de maior oferta para a Concessão de Direito Real de Uso (CDRU) de áreas públicas. O projeto pretende viabilizar a realização das obras e serviços necessários para a construção das Barragens de Uso Múltiplo, implantação, operação e manutenção da Infraestrutura de Irrigação e aproveitamento do Potencial Hidrelétrico.

O prazo da concessão será de 35 anos. A previsão é de que a empresa vencedora invista cerca R$ 1,5 bilhão no período de contrato.

“As barragens serão capazes de produzir cerca de 20 megawatts de energia limpa e renovável, abastecendo cerca de 200 mil pessoas, reafirmando ainda mais o papel do Brasil como líder mundial da transição energética justa e inclusiva”, afirmou o Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia.

“O Projeto Jequitaí promoverá segurança hídrica para até 19 municípios mineiros e impulsionará o desenvolvimento econômico do norte de Minas Gerais com investimentos e com a criação de 100 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, outros empreendimentos serão em breve implantados pela Companhia”, explicou Marcelo Moreira, diretor-presidente da Codevasf.

“Temos orgulho de, há mais de 30 anos, oferecer um ambiente que promove o encontro de bons projetos a investidores, em prol do desenvolvimento do nosso país”, disse Rogério Santana, diretor de Relacionamento com Clientes da B3.

Clique aqui e assista ao vídeo do leilão. 

Compartilhe: